Torne-se um patrocinador do Voleibol Master Rio de Janeiro ou de algum de seus campeonatos e tenha sua marca divulgada aqui no website e nos materiais de divulgação. Entre em contato!

Fundada em 29 de setembro de 1997, a Associação Master de Voleibol do Rio de Janeiro – AMAVOLEI nasceu com a finalidade de desenvolver o voleibol master no Estado do Rio de Janeiro e realizava eventos esporádicos voltados para este público. Paralelo à instituição, no ano de 2007 Luiz Claudio Silva Guimarães (In Memoriam) criou a Copa Brasil Master, sendo esta realizada em etapas ao longo do ano.
 

No ano de 2012 foi lançado o Campeonato Estadual Master de Voleibol, em formato diferente, agora ocorrendo ao longo do ano um campeonato propriamente dito. O ano de 2013 foi um divisor de águas, neste ano marcou o início do Campeonato Carioca de Vôlei Master, organizado pelo Luiz Claudio e, a partir de então, realizado pela AMAVOLEI.
 

Ainda para acrescentar ao vasto currículo de eventos de sucesso, nos anos de 2014 e 2015 foram organizados duas edições do Cabo Frio Vôlei Master, ambos na cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos. A competição teve tamanha dimensão que teve participação de equipes de outros países.
 

Em janeiro de 2016 a AMAVOLEI passou por todo o processo burocrático e estrutural e passou de Associação para Federação de Voleibol Master do Rio de Janeiro – FVMR, com CNPJ número 02.366.307/0001-36, devidamente cadastrada e regularizada.
 

Já sob organização da FVMR, o Campeonato Carioca de Vôlei Master cresce ano após ano, tendo a participação de 31 equipes em 2013, 32 equipes em 2014, 52 equipes em 2015 e 63 equipes em 2016. Hoje a competição é referência nacional e a instituição reconhecidamente segue o seu objetivo de desenvolver o voleibol master em todo o Estado do Rio de Janeiro.
 

Em 2016 a FVMR foi condecorada com a Medalha Pedro Ernesto (a maior honraria concedida pela Cidade do Rio de Janeiro) pelo seu acoplado histórico de lutas em prol do voleibol master. Ainda na mesma condecoração foi-se estabelecido o Dia do Voleibol Master no Rio de Janeiro, na data de 29 de novembro, dia do nascimento de Luiz Claudio, visionário que tornou todo o sonho possível.
 

Como a FVMR é uma das pioneiras do país, tomou-se a decisão de auxiliar outros Estados interessados em constituir uma Federação e um campeonato com calendário ao longo do ano.
 

Ainda com muito caminho a percorrer e muitos jogos a realizar, a Federação de Voleibol Master do Rio de Janeiro segue em busca de preparar cada vez mais suas equipes e atletas participantes, além de um incansável trabalho para melhoria de estrutura. Todo esforço é válido para que possamos ver cada vez mais e mais de nossas equipes nos topos das competições nacionais e internacionais.

SOBRE A AMAVOLEI
 

Após o Torneio Aberto Americano de Dallas, em maio de 1996, ocorreu a idéia entre alguns participantes do time carioca, notadamente Paulo Pizão e Mario Dunlop, da criação de uma confraria esportiva que nos moldes americanos pudesse incentivar a prática do voleibol master. Isso poderia ser alavancado por uma Associação que agrupasse ex-atletas, praticantes e simpatizantes do voleibol, ainda ou não em atividade. Nesse sentido, com apoio logístico inicial da CBV, onde foram realizadas as reuniões precursoras, um grupo de entusiastas que formavam a Comissão Organizadora da AMAVOLEI - Paulo Pizão, Roberto Pimentel, Frederico Neves, Paulo Márcio, Mario Dunlop, Marisa Schlesinger - concentraram esforços no sentido de desenvolver uma entidade atuante que, organizadamente, promovesse o congraçamento de todos os adeptos do voleibol através de torneios e eventos.

 

Assim foram conseguidos um endereço para sediar a AMAVOLEI, com apoio de escritório e telefone, sem qualquer ônus; a confecção e o registro de um Estatuto Social que formalizou a existência da AMAVOLEI; a captação inicial de mais de 300 sócios; e os apoios imprescindíveis do COB, da CBV e da FVR.

 

Na Assembléia Geral de Constituição da AMAVOLEI, realizada às 20 horas do dia 29 de setembro de 1997, no Vinícius, à rua Vinícius de Morais, no. 39, em Ipanema, os sócios-fundadores promoveram a aprovação do Estatuto Social e as eleições do Presidente e Vice-Presidente, do Conselho Fiscal, do Conselho Técnico Consultivo e dos Grupos de Trabalho para as proposições do Regimento Interno e do Regulamento Técnico das Competições. 

 

Vale ressaltar que algumas despesas iniciais, necessárias a um fundo de caixa para a legalização da AMAVOLEI, a feitura de impressos e a compra de materiais diversos foram cobertas naquela ocasião por uma contribuição inicial não-compulsória dos associados presentes de R$ 20,00.

 

Como estabelecido em seu Estatuto, a AMAVOLEI tem por finalidade promover o voleibol para atletas Masters em todo o Estado do Rio de Janeiro, federados ou não, observadas as seguintes categorias:

Master Junior - 30 a 39 anos Master Drive - 40 a 49 anos Master Senior - 50 a 59 anos Master Plus - 60 a 69

 

Outras atribuições estatutárias prevêem a elaboração e a organização do calendário anual das competições Master em todo Estado, bem como a coordenação e o controle da participação dos atletas e das equipes filiadas nessas competições.

 

 

Calendário:

 

COPA AMAVOLEI de VOLEIBOL MASTER – 2007

Data: 13/05/2007

Hora: 9:00h

Local: SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO (SESC) de Nova Iguaçu - RJ.

 

TORNEIOS INTERNACIONAIS

 

Time "Sampa Brasil"

 

Campeão invicto na faixa SOT no último US Open Columbus/Ohio

Time: Eva Stal, Marilena, Imaculada, Regina Celi Vieira (Diretora da Amavolei), Suzana, Maria Dulce, Cristy, Maria Antonia, Maria Margarida, Maria Aparecida, Beatriz.

 

 

A participação de atletas masters em competições têm crescido acentuadamente em diversos países e também no Brasil. Após sua criação a AMAVOLEI divulga e incentiva a participação dos associados também em torneios internacionais. 
 O Huntsman World Senior Games teve início em 1987, na cidade de St. George, no estado americano de Utah, tendo como diretriz o favorecimento da saúde, da amizade e da paz mundial. Todos os anos, mulheres e homens de diversas nacionalidades, com idade a partir de 50 anos, competem nas mais variadas modalidades esportivas, como voleibol, basquete, atletismo, natação, e outros. Na sua primeira edição contou com a participação de 500 atletas, e hoje, decorridos 13 anos, já são 20 mil atletas de 32 países. 
 O Brasil muito bem se fez representar no voleibol feminino na categoria de 50-55 anos, onde a equipe brasileira conseguiu a medalha de ouro em 1994 e 1995, e a medalha de prata em 1996, 1997, 1998 e 1999. Ainda em 1998 recebeu outra medalha de prata na categoria 55-60. E teremos a edição 2000 dos Huntsman World Senior Games, em Utah, na 2ª quinzena de outubro. 


 Desde 1985, a cada 4 anos, ocorrem os World Masters Games, Jogos Olímpicos Masters, onde são destacáveis as participações das equipes masculinas: na primeira participação do voleibol master brasileiro em competições internacionais, a equipe brasileira na faixa 40-50 anos sagrou-se campeã invicta nos II World Masters Games, ocorridos em agosto de 1989, em Ahrus, na Dinamarca. O mesmo grupo levantou o vice-campeonato da modalidade nos II Maxisports Games, em 1991, em Buenos Aires, na Argentina. Em 1994 conquistou ainda o campeonato, também de forma invicta, nos III World Master Games, realizados em Brisbane, na Austrália. E em agosto de 1998 o time carioca Rio Suns na faixa de 40-45 anos foi vencedor invicto nos Nike World Masters Games, em Portland, Oregon, Estados Unidos, que reuniu 20 mil atletas, incluindo várias equipes de voleibol do Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Os IV World Master Games serão em Melbourne, Austrália, em 2002. Que tal?


 Anualmente, nos Estados Unidos é realizado o U.S. Volleyball Open Championship, certamente o maior campeonato de voleibol Master mundial, envolvendo várias divisões do voleibol americano e a categoria livre, nas faixas etárias de 30 a 75 anos. Desde 1995, ano em que foi celebrado o centenário de criação do voleibol, várias equipes brasileiras, femininas e masculinas, principalmente do Rio e de São Paulo, competiram com sucesso, sempre conseguindo as primeiras colocações em Springfield (1995), Dallas (1996), Kansas (1997), Tucson (1998) e San Jose (1999), em faixas etárias a partir de 35 anos.
 O campeonato de 2000 foi celebrado em Columbus, Ohio, de 27 de maio a 3 de junho, e contou com a participação total de 521 equipes nas diversas divisões, com mais de 10.000 atletas inscritos. Do Brasil tomaram parte times de São Paulo e de Curitiba e nossos associados Denise Mattioli, Regina Coutinho e Ricardo Pina reforçaram as equipes de São Paulo, nas faixas de 45, 50 e 35 anos, respectivamente. Informações adicionais, consultar o site www.usavolleyball.org. Em 2001 a cidade de Milwaukee, no Wisconsin, sediará a próxima edição do US Open. Montem suas equipes e boa viagem! 
 Em Brisbane, na Austrália, ocorrerão os 2000 Asia Pacific Masters Games, de 28 de outubro a 5 de novembro, com 40 modalidades de esportes. Teremos o voleibol indoor, de 28 a 30 de outubro, e o voleibol de praia, 4 e 5 de novembro, para duplas e quadras. Mais notícias no site www.mastersgames.com.au.

 

 

INFORMAVOLEI 1/2000

1. Devido a problemas em nosso Depto. de Circulação, as notícias da AMAVOLEI foram deficientes em 99. As falhas foram sanadas e retornamos a emissão do nosso Informavolei. Com a campanha de novos sócios já somos 450 e são cerca de 30 clubes e instituições cadastrados, que recebem as notícias da AMAVOLEI. Que tal ampliar esses números? E vamos às novas.

 

2. Apesar da pouca divulgação, os torneios em 99 foram um sucesso! E valeu a pena realizá-los, pois contemplaram nosso maior alvo, que são os associados da AMAVOLEI. Tivemos os femininos indoor de 30+, 40+ e 50+, todos de elevado nível técnico. O I Rio Master, para sextetos masculinos no Clube Monte Líbano contou com a nata do voleibol master do Rio, principalmente os praticantes dos clubes Germânia, Piraquê e Monte Líbano. Ao seu final foram homenageados, em uma festa emocionante, os tradicionais técnicos Sami Mehlinski, Bené, Célio Cordeiro e Jorge Bittencourt. Completaram o calendário o torneio do Dia das Mães, no Posto 3; mais uma edição do Pais & Filhos, no Posto 6, promovido e organizado pelo Cel. Malta, e o Rio-São Paulo, no Clube Militar. Temos que agradecer nossos atletas, que entendem perfeitamente o objetivo básico da AMAVOLEI; os dirigentes dos clubes, como Marapendí, Municipal, Militar e Monte Líbano, nossos grandes incentivadores, que gentilmente cederam suas quadras; e nossos coordenadores técnicos, Regina Coutinho, Denise Mattioli, Dione Monteiro e Ricardo Belmonte, sempre pacientes e laboriosos no desenvolvimento e organização dos diversos eventos.

 

3. Não podemos omitir o já tradicional jantar de fim de ano - grato aos serviços do Rogério da Rialto - organizado pelos masters José Amorim (Zézinho), Ricardo Castelões (Careca) e Eduardo Barata. A presença das nossas atletas masters deu um colorido especial à festa, que a cada ano conta com novas adesões.

 

4. Já em 2000 ocorreu em 25 e 26 de março o Rio-São Paulo no Clube Tietê, com a presença dos sextetos femininos cariocas nas faixas 30+, 40+ e 50+. Um sucesso! E nos dias 1º e 2 da abril, mais um Pais & Filhos, no Posto 6, promovido e organizado pelo grande Malta.

 

5. Para maio encontra-se em preparativos o III Festival de Voleibol Master, previsto este ano no areal do Condomínio Novo Leblon. Aberto a duplas e quadras femininas e masculinas, as equipes deverão ser formadas até 30 de abril, com inscrições na AMAVOLEI.

 

6. Prosseguindo o ano, estão previstos em abril, Torneio Carioca de Voleibol Master 40+ indoor feminino e o Torneio de Quadras de Praia, a cargo do Fernandão, no Posto 4. Para 14 de maio, Torneio Dia das Mães, duplas e quadras, mães e filh(os)as, no Posto 3. Em junho, Torneio Aberto de Quadras indoor. Em agosto, Torneio Carioca de Voleibol Master 50+/60+, masculino e feminino, indoor. Para setembro está programado o II Rio Master de Voleibol Masculino. Em outubro a tradicional Taça Rio de Janeiro 30+, feminino, em sua 11ª edição. Outros torneios encontram-se em fase de elaboração. Aceitamos idéias e sugestões

 

7. Como nos anos anteriores, incentivamos a participação de nossos associados no US Open Volleyball Championship, que este ano será realizado em Columbus, Ohio, na última semana de maio. Datas, inscrição, hotéis disponíveis, mapas, condições climáticas e demais informações encontram-se na página http://www.ovr.org. Vale a pena a consulta. Lembramos que é um torneio aberto a qualquer equipe, nas faixas de 30 a 70 anos. Está prevista a ida de equipes femininas e masculinas de São Paulo (6) e do Paraná (3)

 

 

Torneios
 III Meeting de Voleibol Master Feminino 40+ 

 

Uma grande confraternização de atletas masters. Pode-se resumir assim o III Meeting de Voleibol Master Feminino 40+, organizado pela nossa Diretora Denise Mattioli e que teve lugar no Clube Militar, de 24 de abril a 18 de maio. Clube Militar, Flamengo, Hebraica, Fluminense e Copa 2 foram as equipes participantes, com as seguintes atletas:
  
 Clube Militar: Sônia Maria, Neise, Nalba, Lúcia Helena, Gilda Treiger, Gilda Belo, Selma, Carmelia, Simone e Raquel;


 Flamengo: Claudia, Edna, Carla, Doris, Ana Cristina, Helena, Sônia Maria, Denise Mattioli, Cristina, Dione, Marcia e Rita;


 Hebraica: Claudia, Erinia, Eugenia, Luiza Maria, Marlene, Nadia, Valeria, Vitoria, Rosa, Andréa, Áurea e Theresa;


 Fluminense: Silvana, Maria Auxiliadora, Elisabeth, Teresa Cristina, Cynthia, Regina Hauer, Suyene e Adauni.


 O torneio mostrou elevado nível técnico, com a equipe do Clube Militar sagrando-se campeã com 12 pontos. Em seguida vieram Flamengo, com 10 pontos, Fluminense, 8 pontos, Copa 2, 6 pontos e a equipe da Hebraica, com 4 pontos. As partidas, disputadas em melhor de 3 sets de 25 pontos corridos, tiveram os resultados:

 

C.Militar 2x0 Fluminense

Copa 22x0 Hebraica

Flamengo 2x1 Fluminense

C.Militar 2x0 Copa 2

Flamengo 2x0 Copa 2

C.Militar  2x1 Hebraica

Fluminense 2x1 Hebraica

C.Militar 2x1 Flamengo

Fluminense 2x0 Copa 2

Flamengo 2x0 Hebraica

 

Na noite de 18 de maio ocorreu a Festa de Encerramento, com a entrega de medalhas e placas para as melhores jogadoras das equipes, quais sejam Aida (Copa 2), Eugenia (Hebraica), Doris (Flamengo), Sônia Silva (C.Militar) e Elizabeth (Fluminense). Sônia Silva, merecidamente, foi considerada a melhor do Meeting.

 
 Parabéns à todas participantes, à Denise pela organização e nossos agradecimentos especiais ao Clube Militar, nas pessoas da Profa. Lisle e do Cel. Celso Seixas Ferreira, Diretor de Esportes, pela cessão das dependências do Clube. 

US Open Volleyball Championship

Nossos associados Denise Mattioli (45-50), Regina Hauer (50-55) e Ricardo Pina (35-40), convidados por equipes de São Paulo naquelas faixas etárias, tiveram excelente participação no US Open Volleyball Championship, recém-encerrado em Columbus, Ohio. Denise foi medalha de bronze, e Regina e Pina conseguiram o ouro de forma invicta. Nossas felicitações.

 

 

VOCÊ SABIA...

É válido nos campeonatos masters americanos o toque da bola no teto do ginásio, isto é, após uma defesa ou uma recepção desastrada de saque a jogada terá continuidade desde que a bola bata no teto ou na armação superior do ginásio na projeção superior da quadra. O árbitro poderá interromper a jogada se sentir que houve a intenção de modificar propositadamente a trajetória da bola pelo toque no teto. Coisas de americano..

HISTÓRIA